PUBLICIDADE
Notícias | Geral
Migrantes e refugiados recebem apoio para empreender em Minas Gerais
Por Com assessoria | 23/06/2021 - 13:41
(Foto: Divulgação Sebrae)

Uma live promovida pelo Sebrae Minas, em parceria com o Governo de Minas, a OIM e o ACNUR, vai sensibilizar brasileiros retornados, imigrantes e refugiados sobre a importância de buscar orientação e capacitação para empreender e gerar renda. 

 
De acordo com dados disponibilizados pelo Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra), de 2011 a 2019 mais de 1 milhão de imigrantes foram registrados no Brasil. Cerca de 58 mil, de centenas de nacionalidades, residem em aproximadamente 500 municípios mineiros. Já segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM),  entre 2016 e 2020, dos mais de 4.000 brasileiros que emigraram para outros países e retornaram com o apoio da instituição, quase 700 voltaram para Minas Gerais.
 
Muitos desses imigrantes, refugiados e brasileiros retornados buscam no empreendedorismo uma alternativa de inserção no mercado de trabalho. Para orientar esse público que já empreende ou que pensa em abrir um pequeno negócio no estado, o Sebrae Minas e instituições parceiras realizam, no dia 24 de junho, a live Migrantes e Refugiados em Minas – Como se capacitar para empreender e gerar renda. A participação no evento é gratuita, através do canal do YouTube do Sebrae, neste link Divulgação Sebrae.
 
A live é uma realização conjunta do Sebrae Minas, Governo de Minas, por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos, OIM e Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), que atuam em parceria para oferecer aos migrantes (emigrantes brasileiros retornados e imigrantes) e refugiados em Minas Gerais melhores condições de acesso a oportunidades de trabalho, renda e cidadania. “Unimos forças com as instituições que prestam algum tipo de serviço a esse público, com o objetivo de facilitar seu acesso a informações e materiais que atendam suas necessidades de inclusão produtiva”, explica João Cruz, diretor técnico do Sebrae Minas.
 
“Acreditamos que fomentar o empreendedorismo e a geração de renda é um caminho exitoso para a integração econômica de migrantes no Brasil. Temos trabalhado em Minas Gerais com o Sebrae e vários outros parceiros locais, a fim de promover capacitações para pessoas refugiadas e migrantes e dar apoio para a reintegração econômica de brasileiros retornados “, afirma Guilherme Otero, coordenador de projetos na OIM.
 
Na live do dia 24 de junho também será apresentada a página Migrantes e Refugiados em Minas. “Esse ambiente reúne conteúdos de orientação e capacitação empresarial do Sebrae e de parceiros, para apoiar a jornada empreendedora dos migrantes e refugiados que vêm ou retornam para o nosso estado em busca de uma oportunidade para melhorar suas condições de vida”, explica o diretor do Sebrae Minas.

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

 

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
Comente a Notícia!
Últimas notícias »
Há 25 minutos
Há 39 minutos
Há 55 minutos
Há 1 horas
+ MAIS NOTÍCIAS »

Home | Notícias | Entretenimento | Promoções | Expediente | Privacidade | Anuncie Aqui |Central do Usuário

Varginha Online - © 2000-2021


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting