PUBLICIDADE
Notícias | Economia
Subida dos juros deve provocar desaceleração na economia, diz ministro
Por Agência Brasil | 05/12/2021 - 09:40
(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

Para ele, política econômica segue caminho correto

O ministro da economia, Paulo Guedes, reconheceu que a subida dos juros para combater a inflação vai provocar uma desaceleração na economia no ano que vem. Para ele, o resultado será o melhor possível a ser feito, e a política econômica está seguindo o caminho correto.
“A Faria Lima e os banqueiros estão prevendo um crescimento menor. É natural. No ângulo de visão de financistas, é claro que vai haver uma desaceleração forte, porque os juros estão subindo. A inflação subiu, de novo estamos fazendo a coisa certa. O importante não é a previsão. O importante é fazer a coisa certa. O resultado será o melhor possível. Quando previram que o Brasil ia cair 10 [%], eu apenas descredenciei a previsão de 10. Eu não disse quanto ia cair. Aí surgiu uma guerra de fatos. Eu acreditava em recuperação em V. Não disse em quanto tempo e aconteceu até mais rápido do que eu esperava. Em compensação, veio acompanhada do componente inflacionário”, disse, ao participar nessa sexta-feira (3) do Encontro Anual da Indústria Química.
Em contrapartida ao efeito dos juros, Guedes conta com o avanço da taxa de investimentos, que vem registrando evolução e pode chegar em 2022 a 20% do Produto Interno Bruto (PIB). Para o ministro, o crescimento do Brasil é inevitável e o país está recuperando sua economia de forma sustentável. Segundo ele, a economia passa por uma fase de recuperação cíclica em forma de V, que é quando registra recuo seguido de ascensão, baseada em transferência de renda e agora passa para a etapa do aumento dos investimentos. “É um número importante. Estamos subindo a nossa taxa de investimentos", afirmou.
O ministro acrescentou que não vai fazer projeções do crescimento do PIB para 2022 . “Eu não estou prevendo quanto vai ser o crescimento do ano que vem. Eu estou tentando de novo colocar um certo ceticismo nessas previsões, que foram de queda de 10%, de depressão, de desemprego em massa. Estou tentando justamente inspirar uma volta à normalidade da economia brasileira e até transcender esse estado, questionando essas previsões do PIB e de crescimento zero. É verdade que a subida de juros para combater a inflação desacelera o crescimento, mas também é verdade que uma taxa de investimento de 20% do PIB é um sinal de bom crescimento à frente”, observou.

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

 

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
Comente a Notícia!
 
PUBLICIDADE
 
Últimas notícias »
Há 8 minutos
O sucesso dos jogos de casino online no mundo inteiro
Há 30 minutos
Minas supera marca de 514 mil postos de trabalho com carteira assinada
Há 33 minutos
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 37 milhões
Há 45 minutos
Vila Pet, tudo que você precisa para seu melhor amigo
Há 59 minutos
Vacinação contra a gripe está disponível para toda população; confira os locais
Há 2 horas
Cronograma de vacinação contra a Covid-19 para esta quarta-feira em Varginha
+ MAIS NOTÍCIAS »
PUBLICIDADE

Home | Notícias | Expediente | Política de Privacidade | Anuncie Aqui

Varginha Online - © 2000-2022


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting