PUBLICIDADE
Notícias | Entretenimento

Mamonas Assassinas ganha cinebiografia com estreia exclusiva nos cinemas no dia 28 de dezembro

Por Com assessoria | 06/12/2023 - 21:27:18
(Foto: Divulgação)

Mamonas Assassinas: O Filme conta a história de uma das maiores bandas brasileiras de todos os tempos

Qual a primeira música do Mamonas Assassinas que vem à cabeça quando você pensa na banda? São tantas que é impossível lembrar de apenas uma. Várias gerações foram e ainda são impactadas por esta banda icônica que apesar da curta carreira se transfomou em uma das maiores expressões musicais e culturais do Brasil.
O quinteto que queria ser uma banda de rock progressivo se transformou no grupo irreverente que até hoje é um expoente da cultura pop no Brasil.  A banda ganhou notoriedade na década de 90 com a originslidade de suas letras, da sua performance nos palcos e a qualidade musical dos seus integrantes. Seu primeiro e único disco, foi mixado em Los Angeles, no melhor estúdio da época, vendendo mais de 3 milhões de cópias em 7 meses. Até hoje, milhões de pessoas no Brasil e no mundo  ouvem mensalmente Mamonas Assassinas nas plataformas digitais A história dos meninos de Guarulhos está de volta em Mamonas Assassinas: O Filme.  Dirigido por Edson Spinello, produzido pela Total Entertainment, coproduzido pela Mamonas Produções, Claro e distribuido pela Imagem Filmes  o filme promete emocionar e divertir todo o Brasil com os clássicos  “Pelados em Santos”, "Vira-Vira", "Robocob Gay" e tantos outros sucessos a partir do dia 28 de dezembro nos cinemas de todo o Brasil.

Em 1990, Dinho, Sérgio, Samuel, Julio e Bento eram jovens de Guarulhos em busca de um sonho: gravar seu primeiro disco ainda como a Banda Utopia . Para tal , não mediram esforços, trabalhando dia e noite no que encontrasssem pela frente. Não poderiam imaginar que em pouco tempo estariam reunidos no maior fenômeno musical brasileiro da década, os Mamonas Assassinas, transformando a música brasileira para sempre.
O vocalista Dinho é interpretado por Ruy Brissac, que já fez o papel do cantor no musical sobre a banda. O quinteto conta ainda com Beto Hinoto, interpretando seu tio Bento, guitarrista da banda; Rhener Freitas interpreta o baterista Sérgio Reoli,; Adriano Tunes faz o baixista Samuel Reoli; e Robson Lima interpreta Júlio Rasec, responsável por teclado, percussão e vocais, na banda.
Walkiria Barbosa, uma das produtora do filme, conta que a escolha do elenco foi fundamental para dar credibilidade a esta história tão impactante. “Nossa preocupação era encontrar as pessoas certas para aqueles papéis. E foi mágico quando filmamos o primeiro show, onde a equipe e os figurantes ficaram muito emocionados, tivemos certeza de que os Mamonas estavam ali com a gente. Foi muito forte e muito intenso.Aliás, este é um sentimento que permeou todas as fases desde a leitura de roteiro até a pós produção”.
O longa foi filmado na cidade onde viviam os integrantes da banda, Guarulhos, na Grande São Paulo. A produtora destaca que o apoio das famílias dos músicos foi essencial. A empresa Mamonas Assassinas Produções, capitaneada por Jorge Santana, primo do Dinho, juntamente com os familiares, foram essenciais desde a construção do roteiro até a produção quando emprestaram diversos figurinos originais dos garotos que foram usados no filme. Além disso, o apoio da prefeitura, de moradores e empresas locais também foi fundamental para o excelente resultado filmagens.

Divulgação
Para a construção da narrativa, biografias musicais de sucesso serviram de base e inspiração, como Bohemian Rhapsody, sobre a banda Queen, e Rocketman, sobre Elton John. 
“Era fundamental pesquisar e compreender as melhores maneiras de, por exemplo, filmar shows. Esses filmes são excelentes nesses quesitos também. E shows são de enorme importância em MAMONAS ASSASSINAS: O FILME. São eles que ajudam a trazer a energia da banda e mostrar como contagiavam seu público”, explica o diretor Edson Spinello . 
O roteiro, assinado por Carlos Lombardi (conhecido por obras como “Quatro por Quatro”, “Quinto dos Infernos”), conta a história dos 5 integrantes antes da banda se tornar os Mamonas Assassinas, desde quando ainda eram o Utopia.
“Há duas fases, no filme, quando eles buscavam seu lugar no cenário musical, na época da banda Utopia, e depois quando se tornaram Mamonas. Foi necessária muita pesquisa e colaboração para resgatar uma época, um trabalho árduo envolvendo uma grande equipe e muitos colaboradores para que pudéssemos retratar as duas épocas do filme. Foram mais de 70 cenários, 1000 peças de figurino entre produzidas e originais e as caracterizações de personagens para as duas fases. Além de um trabalho primoroso de correção de cor em mais de 2.500 planos  excutados pela Zumbi Post. Na área musical, foram regravadas todas as músicas em estúdio. O filme está sendo editado e mixado pro Gbairel Pinhieor, ganhador de 2 Grammy Latino. A montagem ficou por conta de Rodrigo Daniel Melo”, explica a produtora.
O elenco de Mamonas Assassinas: O Filme conta também com Fefe Schneider, Jessica Córes, Jarbas Homem de Mello, Guta Ruiz e grande elenco.
Sinopse: Estamos em Guarulhos na década de 90. Dinho, Sérgio, Samuel, Julio e Bento são garotos típicos da época com pouco dinheiro e muitos sonhos. Eles nem imaginam que o humor debochado e inteligente, tão característico do grupo de amigos, irá mudar suas vidas para sempre. De algumas tentativas fracassadas ao sucesso absoluto, em pouco tempo, eles se tornaram o maior fenômeno musical brasileiro da década: os Mamonas Assassinas.

Elenco:

  • Ruy Brissac: Dinho
  • Rhener Freitas: Sérgio Reoli
  • Adriano Tunes: Samuel Reoli
  • Robson Lima: Júlio Rasec
  • Beto Hinoto: Bento
  • Fefe Schneider: Adriana
  • Jessica Córes: Claudia
  • Jarbas Homem de Mello: Hildebrando
  • Guta Ruiz: Célia
  • Joãozinho: Marcos
  • Isa Prezoto: Grace Kelly
  • Ton Prado: Enrico Costa
  • Nadine Gerloff: Fânia
  • Patrick Amstalden: Zaca

Ficha Técnica

  • Direção: Edson Spinello 
  • Preparação de elenco: Jarbas Homem de Mello
  • Diretor de Fotografia: Pedro Iorio
  • Figurino: Heitor Taddeo 
  • Maquiagem: Lucas Martins
  • Produção de Elenco: Solange Jovino e Tate Costa
  • Som Direto: Zezé D’Alice,ABC
  • Roteiro Original: Carlos Lombardi 
  • Edição de som e mixagem: Gabriel Pinheiro,A3pS
  • Montagem: Rodrigo Daniel Melo,edt
  • Trilha Sonora: Ronaldo Pellicano
  • Produção Executiva: Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
  • Produtores: Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
  • Coprodução: Mamonas Assassinas Produções e Claro
  • Produção: Total Entertainment
  • Distribuição: Imagem Filmes

Sobre o diretor Edson Spinello

Edson Spinello é um diretor de novelas brasileiro. Trabalhou como diretor-geral de novelas na TV Globo, atualmente, exercendo a função na RecordTV, onde dirigiu Rei Davi, série que obteve sucesso na Fox Mundo dos EUA. Fez parte do comitê artístico da RecordTV e selecionou projetos na área de teledramaturgia. Dirigiu a série Na Mira do Crime para a Fox e foi consultor de roteiro no longa-metragem Sobrevivente
Urbano, que conquistou 11 prêmios internacionais. Em 2020, dirigiu o quadro SofáZenda, no reality A Fazenda 12. Na Record , dirigiu as novelas Apocalipse, Rei Davi, Bela a Feia entre outras. Na Rede Globo, dirigiu Corpo Dourado, Por Amor, O Fim do Mundo e Malhação.

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

 

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
PUBLICIDADE
 
Últimas notícias »
Bolsa atleta
Combate ao Aedes aegypti
Veja onde procurar atendimento
Combate à dengue
+ MAIS NOTÍCIAS »

Home | Notícias | Expediente | Política de Privacidade | Anuncie Aqui

Varginha Online - © 2000-2023


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting