PUBLICIDADE
Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
rodrigogazeta@bol.com.br
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
 
Bolsa Família; Democracia; Sorridente; Exercito de um homem só
27/08/2015

Bolsa Família

Pior que vermos empresas querendo “faturar” nas costas de famílias pobres que recebem o Bolsa Família, é vermos também milhares de pessoas que recebem o benefício ficarem desesperadas pela possibilidade de serem obrigadas a se capacitar para um dia ter que viverem do próprio suor! Trocando em miúdos, cair no Programa Bolsa Família é uma fatalidade social, mas preferir viver apenas dele, ao invés de buscar independência, é uma ignorância que começa a ganhar força entre os iludidos necessitados. Casos do tipo se vê por Varginha a todo momento!

Batatas quentes!

Que o Supremo Tribunal Federal, mais alta corte do Judiciário brasileiro, tem inúmeras “batatas quentes” a resolver isso ninguém duvida. Mas esta informação de gasto daquela corte é inusitada. R$ 1.900 - É o valor que o Supremo Tribunal Federal (STF) reservou para a aquisição de luvas para forno e fogão. Os recursos são para 20 unidades com tecido de silicone. Será que são para batatas quentes ou para pizzas?

Pesquisa

Pesquisa da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta a imprensa escrita como a 3º Instituição de maior credibilidade do país. Eis o ranking: 01 - Forças Armadas: 68% - 02 - Igreja Católica: 57% - 03 - Imprensa Escrita: 45% - 04 - Ministério Público: 45% - 05 - Grandes Empresas: 37%. (O estudo foi realizado no primeiro trimestre de 2015 e com 1.650 pessoas)

Perguntar não ofende

- A construção do orçamento municipal de 2016, que esta sendo fechado em breve, vai contemplar a “realidade da economia ou do ano eleitoral”?

- O presidente da Câmara tem buscado apoio de autoridades estaduais do PMDB para tentar conseguir recursos para Varginha! Será que Rômulo Azevedo (PRTB) já “jogou a toalha” quanto as promessas de apoio do seu “distinto deputado do PSD”?

- Em que pese todo o boicote sofrido pelo presidente da Fundação Cultural de Varginha; Graça Moura ampliou o número de parceiros e de eventos culturais na cidade. Será que o combatido presidente, na verdade, pode ser o “mocinho da história”?

- Varginha tem alguma obra financiada com recursos do PAC? Porque projetos como a trincheira no Automóvel Clube, fim da duplicação da Contorno, Centro de Eventos, duplicação da BR 491 para a Fernão Dias etc, não contam com tal financiamento?

- Em mais uma reunião exemplar que juntou diversas instituições ligadas a Segurança Pública na Câmara de Varginha, o Legislativo contribuiu para a integração na área! Será que todos os órgãos envolvidos vão saber trabalhar com eficiência e sem vaidades? 

Gato: coisa de rico?

Não está fácil pra ninguém mesmo, a crise esta batendo no bolso até de quem tem dinheiro, ou seria a “falta de vergonha” que não tem classe social? O fato é que cresceram muito as ligações clandestinas para roubar água tratada nos canos da Copasa. Segundo dados ainda não consolidados da estatal, em locais como a região metropolitana de BH, bem como Sul de Minas, (regiões ricas do estado) cerca de 10% das ligações seriam irregulares. E pior, boa parte destes “gatunos” seriam empreendimentos de destaque como hotéis, empresas, condomínios e casas de alto padrão.

Democracia

A participação da comunidade na gestão da cidade é fundamental para que as políticas públicas funcionem em Varginha. Atualmente com mais de 130 mil habitantes, ainda é inexpressiva a participação popular em questões legislativas, bem como no controle e fiscalização de obras e recursos públicos, muito embora Varginha tenha 25 conselhos comunitários, que em tese, seriam o palco local para a comunidade se organizar, discutir e participar da gestão da cidade! É preciso que as lideranças de bairro se mobilizem para as importantes decisões que são tomadas diariamente na cidade, e não foquem apenas nas eleições municipais, de quatro em quatro anos!

Ouro verde

Os recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) já podem ser solicitados pelas indústrias de beneficiamento e torrefação e cooperativas do setor cafeeiro instaladas em Minas Gerais. Em 2015, o Fundo disponibiliza R$ 143,5 milhões a serem repassados pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) para apoiar a estocagem, a aquisição de café e capital de giro, destinados a atores do setor cafeeiro: beneficiadores, exportadores, cooperativas de produção, torrefadoras de café ou produtoras de café solúvel. Em tempo de arrocho econômico, crise financeira em cooperativas e “temor no campo” em razão da política econômica do PT para o setor, é bom que nossos políticos tenham juízo para saber valorizar toda a cadeia produtiva cafeeira de Minas. Nosso estado é o maior produtor mundial de café, com uma safra estimada em 23,6 milhões de sacas para 2015. O estado produz sozinho mais da metade do café brasileiro, sendo que na variedade arábica respondeu por nada menos que 71,5% da produção brasileira em 2014. Consolidado como um grande player no mercado internacional, o café mineiro representou 61,8 % do café exportado pelo Brasil em 2014 gerando divisas de US$ 4,12 bilhões.

Sorridente

O Setor de Saúde Bucal da Prefeitura de Varginha foi premiado mais uma vez no Prêmio Brasil Sorridente, concurso organizado pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Varginha ficou em 1º lugar em Minas Gerais - na categoria de 50.001 a 300 mil habitantes - pelo trabalho oferecido à população. Varginha recebeu a pontuação 90,5, a melhor em todo o Estado e agora aguarda o resultado da etapa nacional, que será divulgado no dia 15 de setembro. Na edição anterior,  no IX Prêmio Brasil Sorridente, Varginha foi premiada com o 3º  lugar (etapa nacional) e 1º  lugar (etapa estadual). O Setor de Saúde Bucal varginhense também recebeu, no ano de 2014, Moção de Aplauso pelo importante desempenho ao longo dos anos. No release oficial da Prefeitura que fala sobre a premiação, é citado o prefeito Antônio Silva e distribuído elogios a toda a equipe técnica e ate mesmo outras secretarias do governo! Só não foi lembrado nem falado que os fortes investimentos públicos na área odontológica, que deram base ao atual trabalho, começaram na gestão do saudoso prefeito petista Mauro Teixeira.

Mesmo rumo

Está definida a reeleição de vice-governador Antônio Andrade na presidência do PMDB de Minas. As principais lideranças do partido já se entenderam sobre isso, mas continuam lutando por mais espaço no governo com os petistas. No momento, o vice-governador busca acomodar na articulação da chapa oficial o deputado Newton Cardoso Jr, que ameaçou concorrer, e se for mesmo pro embate, pode levar muitos votos em razão do desconforto entre peemedebistas e petistas que se engalfinham pelo estado afora. Antonio Andrade tem sido habilidoso para contemporizar as brigas, mas sabe que pelo interior do estado, o PT será o principal adversário do PMDB. Outro que também terá maior peso e espaço no PMDB é o presidente da ALMG, Adalclever Lopes. O deputado estadual que tem muitos votos em Perdões e Campo Belo, e começa a se aproximar com sucesso de peemedebistas de Varginha a fim de ganhar apoio por aqui.

Novos rumos

Já o PMDB de Varginha elegeu seu novo diretório, que decidirá o caminho da legenda em 2016 com promessa de mudança de rumo. Mesmo porque, a legenda recebeu a filiação de diversos líderes comunitários, empresariais e de classe, das mais diversas opiniões políticas. Embora continue sob a presidência da empresária e jornalista Ana Maria Silva Piva, a executiva municipal ainda tem o empreiteiro Sebastião Rogério Teixeira, o engenheiro Leão Miranda e o sindicalista Jucão, do Sindicato dos Motoristas, a executiva diz que ouvirá, sobretudo, os candidatos a vereador para definir seu destino em 2016. Alegam que o foco será eleger vereadores, pois são poucos os “corajosos” dispostos a assumir uma corrida à Prefeitura de Varginha.

Exercito de um homem só

Não é certo que Geisa Teixeira (PT) será a adversária de Antônio Silva na disputa pelo Executivo municipal em 2016. Na verdade não é nem certo que Antônio Silva será candidato! Bem, isso tudo na teoria! Pois os acontecimentos de bastidores indicam que já começou um substancial movimento para dar corpo e nome as candidaturas do PTB e PT. Todavia o que mais intriga os dois pólos políticos da cidade atualmente é se haverá ou não uma terceira via! Líderes do PTB tem dedicado mais tempo a “minar a possibilidade de terceira via, do que a combater uma candidatura petista, que sabem que será certa, diferente da terceira via política, que pode não acontecer”. Atualmente existente apenas no imaginário de pepistas e alguns peemedebistas, a terceira via esta “desidratando aos poucos” em razão de uma “pendenga política da eleição passada” que pode respingar na eleição de 2016! Uma liderança política federal do PP, fundamental para a construção da terceira via, tem pensado em focar sua força na eleição de vereadores e liberar seus apoiadores e diversos partidos aliados para apoiarem o candidato a prefeito que preferirem. A medida inusitada, se acontecer, vai atingir diretamente o vereador Leonardo Ciacci, que sonha ser prefeito de Varginha e hoje tem oportunidade para isso! Além disso, outro revés político pode vir a ocorrer! Depois das recentes “arrestas” entre governistas e líderes que defendem a terceira via, é muito provável que legendas e grupos políticos que eram dados como certo no apoio a Antônio Silva (caso não exista a terceira via política), sejam carreados para apoiar o PT, principalmente se o “Governo do Estado for entrar pesado na eleição em Varginha, como tem apregoado nos bastidores”. A conferir! 
Comente o Artigo
 
Últimos artigos deste colunista
15/09/2021
15/09/2021
11/09/2021
04/09/2021
« ver todos
 

Home | Notícias | Entretenimento | Promoções | Expediente | Privacidade | Anuncie Aqui |Central do Usuário

Varginha Online - © 2000-2021


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting