PUBLICIDADE
Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
rodrigogazeta@bol.com.br
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
 
Semelhanças; Boa iniciativa; Adequação e chance; Agora vai?
18/10/2015

Semelhanças

Em que pese as muitas diferenças entre as administrações federal, estadual e municipal, ambos os governos estão apresentando uma semelhança cruel com o empresário e com quem tenta empreender e gerar emprego e renda. Vejam que o governo federal petista, que já esta ai a 12 anos, o recém chegado governo estadual petista de Fernando Pimentel e a administração municipal de Antônio Silva apresentaram aumento na tributação sobre o empresariado, seja micro, pequeno ou grande! O governo federal foi o que mais atacou o bolso do empresário com todo tipo de aumento. O governo estadual aumentou ICMS, e vai cobrar IPVA inclusive de veículos agrícolas, aumento na energia elétrica etc. Já o governo municipal aumentou o IPTU, transporte coletivo e taxa de iluminação. Lado outro os empresários que muito ajudaram ambos as esferas de Poder, hoje estão desanimados com os políticos.

Semelhanças 2

Vale ressaltar que em âmbito nacional a Confederação Nacional da Indústria – CNI, comandada pelo mineiro Robson Andrade tem evitado fazer fortes cobranças a presidente Dilma como a Fiesp tem feito e ainda participa de Conselhos como o de Desenvolvimento, da Micro Empresa entre outros. Ainda assim, com a queda de arrecadação, o governo federal não descarta botar a mão no dinheiro arrecadado pela Indústria no Sistema S. Isso foi a última gota para deflagrar o ódio dos empresários contra o governo federal. Em âmbito estadual, Pimentel (PT) se aproximou dos empresários pregando contra o alto valor e tributação da energia elétrica para a produção, pregando incentivos a Agricultura e ao comércio para desenvolver o Estado, todavia, após chegar ao Poder, fez exatamente o contrário. Pimentel aumentou o ICMS e a carga tributária sobre a energia elétrica, prejudicando o empresário. Agora vai passar a cobrar IPVA também de veículos agrícolas prejudicando o agricultor que, durante a campanha, prometeu ajudar! Na Fiemg e Faemg, federações ligadas a Indústria e Agricultura, já há motins contra o governo estadual.

Semelhanças 3

Em Varginha, onde o prefeito Antônio Silva recebeu apoio, durante a campanha, de muitos empresários cansados da tributação petista a história não tem sido assim tão diferente. Afinal, nestes dois anos já ouve aumento de transporte público, taxa de iluminação pública e por fim o IPTU, este último sofreu um reajuste significativo. Em que pese os valores de IPTU estarem muito tempo sem reajuste, o governo municipal parece querer reaver em pouco tempo o que deixou de arrecadar nestes anos. Além disso, empresários reclamam do atraso em obras prometidas como a remodelação do centro comercial, falta de segurança no comércio, atraso em obras de melhoria do trânsito, falta de eventos que movimentem a economia da cidade etc. Fora isso, alguns empresários ligados ao setor cafeeiro reclamam que os valores cobrados de IPTU de galpões de café teriam até dobrado de preço nesta administração. Não é difícil encontrar pela cidade quem esteja saturado do PT e também deste governo! Os empresários anseiam por uma saída da crise que sempre termina em sobrecarga tributária sobre quem produz, história sempre se repete em esfera federal, estadual e municipal!

Adequação e chance

O Projeto Quinta da Boa Música, realizado pela Fundação Cultural de Varginha vai sofrer uma paralisação tendo em vista as obras de revitalização do local do evento, na Estação Ferroviária. O Quinta da Boa Música chegou a ser realizado na Concha Acústica, o que demandou novos gastos da Fundação. Na verdade, depois que as obras da estação estiverem concluídas, a Fundação Cultural pretende “redimensionar” o Projeto QBM e reduzir custos. Será a chance do presidente da fundação, Francisco Graça Moura, “desfigurar o QBM dando ao projeto a cara do governo atual”, tendo em vista que o projeto foi criado na gestão petista. De lá pra cá, este governo já mudou muita coisa no projeto e na própria fundação, porem não conseguiu apagar as “digitais petistas em muitos projetos e acalentar as reclamações dos servidores da Fundação, quanto a mão de ferro de Graça Moura”.

Perguntar não ofende

O Antônio Silva formal e rígido de gestões passadas teria virado o Toninho Paz e Amor desta administração?

Pela mão de ferro com que trata seus subordinados, Francisco Graça Moura teria virado o “Luiz Fernando” deste governo?

O Rogério Bueno que cobrava como “leão” o governo estadual passado para investir em Varginha, agora anda silencioso como “borboleta” quanto ao governo estadual petista?

Leonardo Ciacci se esforça para ser prefeito de Varginha na mesma proporção que o Sargento Garcia se esforçava para prender o Zorro?

Raimundo Zaiden já criou seu “feudo político no DER” ou aguarda o PT voltar a Prefeitura de Varginha para retomar seu “principado municipal”?

Quando será a mudança no primeiro escalão do governo com vistas as eleições de 2016? Quais secretários serão candidatos a vereador? Quem serão os substitutos?

Odair de Castro?

Ex-presidente do PT mineiro e um dos homens fortes do governo Fernando Pimentel, o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, não tem sido unanimidade na preferência entre algumas pessoas do alto escalão da administração estadual. Um interlocutor ligado à cúpula do governo de Minas revelou que as relações com Odair não andam nos melhores dias. “Muita gente tem reclamado dele. Parece que não atende todos, fica só no grupo mais próximo, de forma política mesmo. A sensação é que ele quer se tornar um novo Danilo de Castro”, afirma a fonte. Há quem já chame o secretário de “Odair de Castro”, em referência ao ex-secretário de Estado de Governo da administração Antonio Anastasia (PSDB).

Não será novidade!

Classificando a situação como “desconfortável”, o interlocutor afirmou, ainda, que tudo pode ser resolvido com o agravamento da crise que vive o governo federal, administrado pela presidente Dilma Rousseff (PT). Com o avanço dos processos no Tribunal Superior Eleitoral, reprovação das contas do governo no Tribunal de Contas da União e a dificuldade de articulação no Congresso, os secretários de Estado que são deputados federais podem, como já confirmou o governador Fernando Pimentel, ser exonerados e retornar à Câmara para ajudar o governo em votações importantes. É o caso de Odair Cunha e Miguel Corrêa (PT). “Há uma conversa de que eles podem voltar ao Congresso e ficar por lá, com outras lideranças assumindo as pastas no governo. Essa saída do Odair resolveria muitas desavenças”, confessa.

Agora vai?

Depois da Azul e Passaredo, agora a nova empresa aérea que promete operar vôos no aeroporto de Varginha é a recém criada empresa Flyways, que tem a participação societária de mineiros, cariocas e sul-africanos. A empresa vai operar no aeroporto da Pampulha em BH, com vôos para outras capitais e interior de Minas e Rio de Janeiro. As aeronaves usadas pela empresa serão os ATRs 72-500, os mesmos utilizados pela Azul quando ainda operava em Varginha. O diretor da nova empresa promete que as tarifas terão preços competitivos e populares. A promessa é de que a empresa comece os vôos em Varginha já no inicio de 2016! Como se trata de mais uma promessa, vamos aguardar! Afinal, de promessas já estamos saturados! De qualquer forma, a pretensão de três empresas de operar no aeroporto de Varginha mostra competitividade e interesse do mercado! Se conseguir trazer novamente os vôos diários para Varginha em 2016, a administração municipal vai “ganhar pontos eleitorais”, no ano que mais precisa, o ano eleitoral! A conferir!

Boa iniciativa

A Secretaria municipal de Agricultura vai beneficiar produtores e consumidores durante o “Programa Feira Livre Itinerante”. Serão programados eventos em diferentes locais, em pontos estratégicos, com o intuito de atender o maior número de bairros. O desenvolvimento do programa valoriza a Agricultura Familiar e promove a geração de renda. A ação, conhecida popularmente como “feirinha”, deverá ser permanente e terá seu calendário de atividades iniciado nesta sexta-feira, dia 16/10, a partir das 7h, na Praça do Estudante, no bairro Imaculada I. O Programa foi criado com o objetivo de diversificar os locais de compra e oferecer produtos hortifrutigranjeiros e da agroindústria a preços mais competitivos, ao mesmo tempo em que garante postos de trabalho para os feirantes e facilita o escoamento de parte da produção da agricultura familiar. Além da instalação da estrutura e limpeza, a Prefeitura fornecerá o transporte das bancas, acessórios e também a fiscalização. Mais uma vez a Secretaria Municipal de Agricultura inova e concretiza um bom projeto com grande efeito social e baixo custo de execução. A coluna aplaude a iniciativa!

Números e valores

Aconteceu na manhã de segunda (12/10) o 15º assassinato em Varginha. Gisele Aparecida de Carlos, de 20 anos, era usuária de drogas. O corpo foi encontrado próximo a um cafezal!

Três presos foram atingidos por balas de borracha e sofreram ferimentos leves, segundo a direção da cadeia pública de Varginha. A confusão aconteceu depois que os detentos tentaram impedir a revista nas celas. Um procedimento interno também será instaurado para apurar as circunstâncias do ocorrido e avaliar possíveis danos ao patrimônio.

R$ 80 mil é o valor que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) empenhou para comprar 32 televisores de diversas marcas e tamanhos para serem utilizados na Corte.

 
Comente o Artigo
 
Últimos artigos deste colunista
15/09/2021
15/09/2021
11/09/2021
04/09/2021
« ver todos
 

Home | Notícias | Entretenimento | Promoções | Expediente | Privacidade | Anuncie Aqui |Central do Usuário

Varginha Online - © 2000-2021


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting