PUBLICIDADE

Coluna | BRASILzão
Fábio Brito
fabiobritocritica@gmail.com
O editor e jornalista Fábio Brito é responsável pela edição e publicação de centenas de títulos voltados às realidades do Brasil. Durante anos esteve à frente de selos editoriais importantes e renomados e no presente momento impulsiona, através de consultorias específicas nas áreas editorial e cultural, os selos Bela Vista Cultural e FabioAvilaArtes. A coluna Brasilzão, inicialmente através do Jornal Correio do Sul, de Varginha, foi iniciada em 11 de julho de 2004 e tem contado com a importante parceria do Varginha Online na disponibilização de vivências de Fábio Brito por todo o Território Nacional e por países por onde perambula em suas andanças.
 
Dualismo. Eu sou Você. Você sou Eu.
03/01/2018

 - Começamos mais um ano novo. Sempre me pergunto quais serão os meus planos, em que poderei melhorar a minha vida, quais serão as atitudes a tomar para almejar um futuro melhor do que o diluído no meu passado.

- Eu já tenho uma sensação totalmente oposta à sua. Quando finda o último mês do calendário, quando vejo as pessoas eufóricas (com a entrada do ano novo), me bate uma tristeza profunda pois sei que estou gradualmente diminuindo os meus dias de vida terrestre e ficam para traz os bons momentos sentidos e que não mais voltarão. Penso nos entes queridos que se foram, nas amizades perdidas, nos amores diluídos em memórias confusas, nas tardes de sol poente no horizonte da Bahía de Todos os Santos, no canto das seriemas no Pantanal do Mato Grosso do Sul, no bando de araras rasgando o céu com suas falas de voadores supremos e mestres do espaço.

 

- O futuro é o que me interessa. Se me restam menos dias para usufruir da vida terrestre, que me proporcionem, pelo menos, cada vez mais intensos momentos de felicidade e de prazer... Faço planos pois quero mudar, melhorar e usufruir de cada instante de minha fugaz passagem pelo Planeta.

 

- Mais uma vez percebo que somos opostamente posicionados na busca do bem estar e do bem viver. Sou feliz ao auxiliar o semelhante, ao abraçar uma pessoa carente de afeto, ao dar de comer aos animais errantes e livres, ao compreender as angustias dos que viveram e deixaram como legado as suas incertezas, os seus questionamentos, as suas angustias e buscas no incessante movimento de exercício do Viver.

 

- Pois é. Cada qual cada qual. Eu olho para a frente e para horizontes que vão se descortinar na minha trajetória vivencial e efêmera. Vejo e não enxergo, ouço mas não escuto quando a mensagem é pessimista pois eu venero a vida e amo as belezas que me fora proporcionadas na Terra. Amo o belo, amo a vida e sou irremediavelmente otimista.

 

- Somos diferentes e complementares. Desejo crer no Ser Humano, em suas capacidades de amar o belo e de enfrentar os horrores e os dissabores que nos são ofertados no dia a dia, entretanto, pela escrita, através da literatura e das artes plásticas, cresço, evoluo, me apaixono por tudo, por todos, pelo sofrimentos e pelas alegrias que são as molas propulsoras de nossa evoluçao.

 

- Eu sou você, Você é... Você sou Eu !!!

 

 

    

 

 

 

 

 

Comente o Artigo
 
Últimos artigos deste colunista
09/10/2020
30/09/2020
25/09/2020
28/08/2020
« ver todos
 

Home | Notícias | Entretenimento | Promoções | Expediente | Privacidade | Anuncie Aqui |Central do Usuário

Varginha Online - © 2000-2021


Provedor e Parceiro Oficial
IPHosting